quarta-feira, 14 de julho de 2010

ansiedade


às vezes pergunto porque tenho eu de passar por tanto para obter o que realmente quero... cada vez que olho para o lado encontro alguém que consegue sempre tudo e de maneiras tão simples, sem terem de sofrer... é como se tudo lhes caísse do céu! não tem sequer de se esforçar...


queria tanto que as coisas fossem "ditas" normais... mas não. tem de ser sempre da maneira mais difícil! devo ter tido uma vida muito simples na minha vida anterior e agora estou a pagar... queria mesmo muito estar com quem amo, partilhar os dias com essa pessoa, chegar a casa e ter um abraço à minha espera, ou dar um abraço... sentir calor, conforto, harmonia e paz... olhar nos olhos e saber que por mais dificuldades que possam existir estaremos juntos para as superar... poder jantar e conversar sobre o dia de trabalho, rir, chorar, partilhar acima de tudo...


sim eu vou, mas tem calma... agora não pode ser...

quanto tempo vou eu ter de esperar para poder partilhar diariamente... os fins-de-semana são tão curtos, e passam a correr e sinceramente, neste momento, já não me chegam! é demasiado pouco tempo... quero mais! mas a resposta continua a ser negativa... será assim tão difícil??? é assim tão complicado assumir uma relação a sério? de que é que tem medo? não entendo...


o que sei é que dois dias por semana são muito curtos e não chegam. quero dar o próximo passo, quero muito mais...

1 comentário:

Quê disse...

adorei!
é a tal ansiedade que sempre nos assola.

To seguindo!

Quê
www.agridoceassim.blogspot.com